Prefeitura de Quiterianópolis assume propriedade do Açude Novo e evita demolição do reservatório

0
365

Diante da situação de deterioração da parede do Açude Novo, em Quiterianópolis, a Secretaria de Recursos Hídricos (SRH) do estado previa a possibilidade de demolir o reservatório. A hipótese foi levantada pela coordenadora da Célula de Segurança de Barragens da SRH, Lucrécia Nogueira, que se reuniu com representantes da Prefeitura de Quiterianópolis, na manhã desta quinta-feira,14.

A coordenadora explicou que a parede da barragem encontra-se em péssimas condições de manutenção e que não consta registro de propriedade de açude. “Se não tiver dono a gente pode mandar demolir. Porque um dos artigos da lei [de segurança de barragens], diz que não tendo dono a fiscalizadora, que é a secretaria de Recursos Hídricos, pode mandar demolir”, justificou.

 

Mas tal hipótese foi logo abortada, pois a Prefeitura de Quiterianópolis, imediatamente, manifestou interesse em assumir a propriedade do açude, fazer a reforma necessária e continuar realizando sua manutenção. “Foi muito bom a gente ter vindo aqui a essa reunião, junto com os membros da prefeitura, porque vimos que a prefeitura tem interesse que essa barragem faça parte dos reservatórios do município”, destacou Lucrécia Nogueira.

Nogueira adiantou que a SRH vai fazer o registro do açude e assim passa a ser de propriedade da Prefeitura de Quiterianópolis. A partir de então, a gestão municipal vai arcar com a recuperação e manutenção do reservatório. O serviço de recuperação deverá ser feito antes do inverno, pois a parede está bastante avariada.

O problema do açude novo já tinha sido abordado pelo chefe de Gabinete da Prefeitura, Zezão Peixe, em reunião do Comitê de Bacias Hidrográficas dos Sertões de Crateús (CBHSC), no primeiro semestre desse ano. Zezão é membro do Comitê e manifestou preocupação com o estado do reservatório, lembrando que a obra não tinha proprietário.

Também participaram da reunião, o gerente regional da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh – Crateús), Antônio Rodrigues Júnior, os secretários Manoel Coutinho (Gestão e Articulação Política, Zezão Peixe (Gabinete), além do secretário adjunto de Infraestrutura, João Capistrano, do diretor do Departamento de Obras, Conrado Neto, as técnicas da SRH, Fernanda Furtado e Taísa Fernandes e os engenheiros da Prefeitura, Marcos Aurélio e Márcio.

Após a reunião, toda comitiva visitou o açude.

O açude

O Açude Gentil (Açude Novo), foi construído através de obras emergenciais (bolsões), em 1952. De lá para cá, o reservatório nunca passou por nenhuma reforma.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Quiterianópolis

Cícero Lacerda

88 9 9767-9413